Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

16 fevereiro 2008

Frouxidão




Assim como um sapato novo desejado e (quase) encantado precisa ser "amaciado"... ela também assim se sentia. Sentia que seus dias de melancolia passaram um pouco mais lentos do que de costume e estranhou tamanho alargamento.
Correu seus olhos em volta de seu mundo e por um segundo esqueceu-se de si. Olhou para o seu sapato preto e pensou que ele precisaria ser amaciado, precisaria ceder para se tornar confortável. Deu-se conta de que aqueles dias atrás haviam lhe exigido elaborar uma técnica de laceamento ... que também poderia ser aplicada ao seu novo pretinho de saltos. Pensamentos dúbios ... isso nela era muito normal!
Pensou que a vida havia lhe pedido um pouco à mais de frouxidão ... Ela sabia ser necessário se cobrar um tanto à menos e como consequência aliviaria a pressão de um mundo inteiro. Frouxidão de sentimentos, de pensamentos, de ações e reações. E, ela parecia aceitar o seu convite enquanto admirava sua mais nova aquisição ... seus olhos risonhos assim sinalizavam. Em meio à seus devaneios pensou no quanto seus pés se apertariam durante a estréia de seu sapatinho ... pensou na quantidade de passos de dança que seriam necessários para que seus saltinhos ficassem no ponto ... no ponto de parceria. Sabia que seu primeiro passeio pelo alto de seus saltos altos lhe causaria um certo desconforto mas acreditou que o uso daria aos seus pés ... ou ainda ... aos seus sapatos o melhor formato de seu tempo. Lembrou que sempre se utilizava desse "pressuposto filosófico" pra entender sua vida. A dialética da vida ... do ir e vir fluidamente ... sempre cabia em suas fundamentações teóricas. Eresia intelectual: alguns lhe diriam. Soprou seu pensamento aprisionado à um tempo de antes. Viu ele se indo ... e se despediu dele muito mais aceleradamente do que antes.
E, serenamente, olhou para seus saltos com uma espécie de sabedoria à mais ... viu-se apoiada neles e estava pronta pra dançar ... em rodopios!

3 comentários:

Poderoso disse...

gostei do seu blog passarei aki mais vezes.
passe tb pelo meu

Daniella disse...

Oi Bel!
Voltei para ler..
Muitos rodopios?
Sempre me encantando..
Bjins, Dani.

Bel disse...

Dani...
Que alegria ver que voltaste pra me ver...tão delicada ...aqui...lá.
Sim Dani ... alguns rodopios, eu estava precisando disso! Dar o primeiro giro, sabe?
Hoje estou ...especialmente...feliz. Saibas que tua visita alargou ainda mais meu sorriso...vivo!
Um beijo...
Queria te ler tambémm...mas como te disse no post anterior não deu.... disse ser privativo?
Quem sabe com o tempo ganho tua confiança?
Beijo outro...
Bel.