Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

13 agosto 2008

... quando eu vou (de verdade) tudo me vêm!

E, foi assim que eu fui! Mais uma vez como se fosse a primeira. Deixei-me iluminar pela luz que me clareou os sentimentos. Atenta ao que me ofereciam ... aceitei generosamente. O mais que pude. Impulsionada pela força que só um novo tempo promete. Inteira à frente, no centro de um jogo: o meu. Deixei-me ali ... naquele lugar marcado. Abandonei meus medos e expectativas naquele lugar e só fui me buscar quando tudo acabou. E como tudo começa daqui a pouco ... de novo eu confirmo: ... quando eu vou (de verdade) tudo me vêm. Inclusive a paz! De espírito. Inclusive o amor: próprio.

3 comentários:

Lourdes de França disse...

Olá,
Fico agradecida pelas palavras. Saiba que é muito bom dividir esse espaço(mesmo que raramente).
Grande beijo,
Lourdes (mãe da Biana)

Sheyla disse...

Bel,
Vi seus comentários lá no orkut e todos muitos ternos.
Obrigada de coração.
Ah, não linkei no garimpo de estilo porque fico com vergonha, pode?
acho melhor deixar só vc e a Cris, rs...
Falarei com a Camila e Angela preciso entrar em contato com ela, já marquei e desmarquei várias vezes. Sempre fui enrolada, ih...
Mas quando encontrá-la, com certeza, enviarei seus beijos e irei passar o link do seu blog.
Ah, tem post novo lá no Garimpo de Estilo. Passa lá, eu e Ludi adoramos seus comentários.
Bjs mil

Sofia Fada disse...

Oi Bel! Quero ir também para este lugar onde a paz de espírito é abundante e a poesia não se cala diante da ignorância.
bjs, querida!