Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

01 abril 2009

Uma pausa , um respiro, um azul e outros tons suspensos pela curvatura de um arco-íris ... metáforas podem ser disfarces?

2 comentários:

Chris Spode disse...

De uma realidade azulada para outra... metáforas são sempre disfarces, querida. Sempre. Mais uma das máscaras que usamos para dizer o que não poderíamos, o que não temos coragem, o que não deveríamos. Disfarces, com certeza.
beijos!

Bel disse...

Sei lá, Chris. Andei pensando sobre isso ... porque pra mim as metáforas sempre foram marcas, símbolos vivos que me ajudam a fixar sentimentos, sabe? Mas ando vendo-lendo-escrevendo tanto sobre isso e como não gosto muito de disfarces ... sei lá. Pensei sobre isso ontem ... se for ... quero fugir desse recurso, sabe? Quanto ao azul quanto mais arroxeado mais me encanta, sabe? É uma cor que traduz uma euforia em mim, por isso, é tão recorrente. Dias felizes esses meus!
Vistes que tenho o roxo na figura acima ... em forma circular. Por isso arroxeei os dedos da mãos ... hoje. Coincidências ou sincronias?
Ui... pensar e escrever, por vezes, dá medo. E, nem tudo tem sentido ... as vezes são só impressões ... mesmo.
Diálogos virtuais por conta da velocidade desse nosso tempo. Desperdício? Acho que não ... oportunidade mesmo.
Beijos,
Bel