Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

21 janeiro 2008

DEVANEIOS!

... só voei porque queria pousar!


Porque sabia ser possível pousar eu me arrisquei a voar... foi assim, ... e ... não o contrário! Meus riscos sempre são calculados e sei que eles ainda me controlam ... me embolam em meus senões.
Mas, a altitude dispersiva nunca me atraiu ... sempre quis ficar ligada ao chão. Nada de ar ... de mar ... nada de me deixar em suspensão. Nada de imensidão que não cabe no meu campo de visão! Pensei ... que ... em ... sendo, assim... deveria ter dificuldade de sonhar. Mas ... recordo-me de tantos sonhos sonhados com os pés bem alinhados no chão ... pés de bailarina (ainda que) desajeitada em movimentos saltitantes.
Para mim, imensidão só se for daquelas que congelam devaneios e que os confunde com nuvens ... de algodão.
Sopro o ar pra cima de mim....eu quase o vejo! Condensado em círculos ...
Respiro para segurar o suspiro que materializa o que poderia ter sido.
Aspiro a realidade do meu tempo!
Meus pezinhos doloridos pelo samba ... da vida ... pediram arrêgo. Mas, eu os poupei da caminhada forçada. Eu os deixei voltar à sua branquidão dos dias de inverno!
Minhas asas foram quebradas por meus pensares! Olha ... eu não disse pesares. Nada me pesa mais do que a indecisão.
Volto a estrada que me espera ... quero voltar à caminhada! Cedo ... logo cedo!

5 comentários:

Dama disse...

Oi Bel!! Passei aqui rapidinho para te agradecer pela força e pelas orações.
Você demonstra ser uma pessoa muito especial. Uma pessoa que eu estou conhecendo e aprendendo a gostar.
Fico muito feliz por nossos caminhos terem se cruzado.

Beijos e fique com Deus.

Bel disse...

Dama Karol... querida.
Eu é que estou feliz de te ter por perto...ainda que só virtualmente. Mas, a realidade em novos tempos tem muitas faces.
Espero poder te conhecer em breve...enquanto isso não acontece....vamos nos teclando e nos acompanhando à distância.
Um beijo, carinhoso.
Bel.

Cris de Bourbon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cris de Bourbon disse...

Bel, escrevi uma resenha aqui e apaguei sem querer :(
Fui fechar a janela e cliquei foi na lixeira. Ô! Tinha escrito umas doidices aqui, incluindo a Karol. Dóga!

Bel disse...

Cris...que pena!!!!
Eu adoro o que escreves!
Um beijo,
Bel.