Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

26 março 2008

... afetuosamente. Ela a abraçou num gesto de boas-vindas. Uma vizinhança: falou-lhe de seu jardim e lhe susurrou promessas de uma amizade serena.

5 comentários:

Daniella disse...

Oi Bel!
Incrível a 'pequenês' de alma de certos anônimo(a)s não?! Justo o que me encantou ele(a) tem o desprazer de 'criticar'... mas como disse a Cris, as pessoas são tão diferentes...
Ainda bem que tenho o prazer de poder apreciar grandes almas como a sua e a da Cris!
Esqueça certos comentários maldosos repletos de inveja e continue encantando com sua veia poética!
Bjins, Dani.

Bel disse...

Que-ri-da!
Um beijo, Bel.

Daniella disse...

Bel, li num site e resolvi 'copiar' para te 'presentear!

“Não te irrites, por mais que te fizerem… Estuda, a frio, o coração alheio. Farás, assim, do mal que eles te querem, teu mais amável e sutil recreio…” (Mário Quintana)
Beijo, Dani.

Marina String disse...

Que bom q voltou..meu coração sorriu!!!Senti saudades!Beijos!!!

Dama disse...

[maroon] Querida seja bem vinda de volta!!
Vc e seu lirismo fizeram muita falta.
Beijo no coração.