Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

25 agosto 2009

In

Há muito tempo não sentava naquela mesa e não sentia aquele cheiro: de intimidade.

Há muito tempo não se via acomodada naquela palma da mão. Bem sabia que ambas apertavam a mão que não era utilizada. Mãos fechadas ... precisariam se desprender daquele vício: corporal. Bem sabia que ambas não precisavam retomar a distância do passado, nem falar mais nada sobre aquilo tudo, nem prometer mais nada sobre o que viria. Precisavam apenas estar: inteiras e adoçicadas. Misturadas entre chocolates e morangos. Entre passado e presente. Entre diálogos e monólogos. Entre agudos e graves. Entre cafés e leites.

Muito havia se passado naquelas 5 horas. Mas quase nada se esgota em tão pouco tempo.

Poderia haver amanhã. Tal qual o bolo de morango trazido como carinho. Tal qual a vontade de que amanhã o sabor se acentuasse: que o morango se misturasse e se perdesse no chocolate. Não haveria meio amargo nem só doce. Poderia haver unidade, irmandade, inventividade .... in.

9 comentários:

Nana Rodrigues disse...

in-teira!

Renata disse...

Intensidade foi o in que faltou ser dito.

Um beijo,

Rê.

Chris Spode disse...

In... inspiração. Foi isso q vcs duas foram para mim ontem. Presente enorme da vida ter conhecido (e "ganho") vcs duas nesse ano..... E ter entrado assim, meio de bicona em uma história cheia de subtextos, mas q não impediu q vcs me recebessem de braços, esmagos, carinhos (e açucares!!) abertos....
Nunca canso de dizer: minha vida é melhor por ter vcs nela!
beijos querida!!

Nana Rodrigues disse...

bel, eu mesma estou me redescobrindo, redigitando minha coisas internas pra poder exteriorizar... tem tanto que mudou em mim, mas é tudo processo...
o entendimento ainda não me é completo, coisas minhas...
é um esforço pra falar sem dizer e sem me desdizer depois...
sofro, mas serve ao menos de exercício pra redigir melhor, pensar melhor, sentir melhor e não atropofagitar qualquer novidade que aparece pela frente...
como você mesma disse ontem, preciso aprender algumas coisas. e preciso mesmo, mais do que imaginava...
obrigada pelo elogio, ele vale muito!!

Elga Arantes disse...

afINidade, sinINho lINda!!!

Sheyla disse...

Bel,
Em todos os textos que li e não comentei em seu blog, vejo o quanto você é intensa no que faz e no que és. Chocolate e morango são delícias que a vida nos proporciona. Que a vida traga cada vez mais contentamento e doces para vc.
Bjs.

Elga Arantes disse...

Tudo bem, fada?
Um abraço bem forte...

Bel disse...

Queridas ... estou distante de casa. E ... de uma certa forma ... distante de mim.
Volto logo ...
Espero que me esperem!
Saudades de tudo ... de cada um (a) de vocês.

Adorável ... que abraço bom! Recebi, senti e te devolvo em forma de beijo: estalado.

Um beijo pra cada uma ...
Bel

Nina disse...

Bel, como sempre tao intensa.. mesmo ausente :)

Bjs doce!