Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

Casa di Bebel ... Rabiscos sem papel

21 março 2010

Noite e dia

... pra ele agora é quase de manhã bem cedo. Pra ela é noite recente.
Lá do outro lado do mundo ... perto do extremo oriente ele vê a vida em cima de um barco. Passeia pelo mercado flutuante. Encontra-se com os elefantes. Percebe a força delicada de um tempo bom. Vê os tecidos floridos ... vê a seda e não sabe se é verdadeira porque desconhece certas sutilezas da vida. Lembra-se dela. Sente-se alto no meio dos tailandeses, vê que os olhos podem ser mais fechados do que os dela. Tenta se locomover no desconhecido pois sempre será do signo de sagitário. A aventura lhe arregala os olhos torna-o vivo sequencialmente. Procura alguns enfeites pra trazer à ela como tentativa de lhe contaminar das coisas vividas lá do lado de lá. Fala sobre o que vive com ela pelo skipe: milagre de um novo tempo. Falam-se por horas sem ter fio ... à fio. A saudade diminui com o tempo ... como envolvimento construído. Caminha na noite anterior a dela.
Ela ... pensa que o que pensa sobre o pensamento dele pode ser fato. Ela espera que ele volte ainda mais vivo do que já é. Ela pretende roubar um tantinho da vida dele pra ela. Ela imagina o traçado dele pelas ruas de lá. Inventa o percurso pra se acalmar.
Ela espera amanhecer ... pra ele lhe telefonar.

5 comentários:

εїз ViViAn ★ Sbrussi /(",)\ disse...

Oieeee!

passei por aqui!
uma ótima semaninha!

=D

☆ . ☆

тєηhα µмα fєliz þάscσα…
Qµє σ cσєlhiηhσ тє тrαgα мµiтσ мαis
qµє siмþlєs σvσs đє chσcσlαтє…
Qµє єlє тє тrαgα мµiтα sαúđє, αмσr,
fєliciđαđє, cσмþrєєηsãσ, cαriηhσ…
Qµє vσcê sєjα αвєηçσαđσ
þσr αqµєlє qµє ησs đєµ Sµα viđα…
É σ qµє тє đєsєjσ siηcєrαмєηтє
þσrqµє αмigσs cσмσ vσcê α gєηтє ηãσ þσđє єsqµєcєr…

Fєliciđαđєs!!!

Fєliz þάscσα!!!

(autor desconhecido)

☆:·.★ViViAn★·.☆ Sbrussi εϊз.εϊз.εϊз /(“,)\

☆ . ☆

Viviane disse...

Bel,
que texto mais lindo!

Guardada as devidas proporções, me senti um pouco como ela... saudade diminuindo com o tempo... como envolvimento construído...pretendendo roubar um cantinho da vida dele....

Como dizia Renato Russo... E essa saudade que eu sinto.. de tudo que eu ainda não vi...

que ele caminhe numa noite anterior a minha... e que me espere chegar até lá.

Gosto muito de vc!!!

Feliz pascoa querida!!

Bel disse...

Vivi .. que delicadeza! Como posso te retribuir tanto carinho, hein?
Talvez o tempo ... talvez a possibilidade do contato. Talvez a possibilidade do talvez.
Imagino que os encontros são possíveis e desejo que o teu se fortaleça e tenha um belo laço ... de fita colorida.
Bom te ver por aqui.

Anônimo disse...

Um beijo do amigo

EFE!

Bel disse...

Olha .... que surpresa boa! Veja quantos ecos temos por aqui. Gosto da tua velocidade, delicadeza e curiosidade.
Um beijo,
Bel.